Gráficos, som, física… – Técnica x Diversão?

A pouco tempo atrás, numa galáxia não muito distante, eu jogava jogos com duas cores, simplórios, sem muita profundidade e era muito feliz com isso. Mas o tempo foi passando, e os jogos foram se tornando cada vez mais complexos e os conceitos ficaram mais maduros, o enredo começou a ser parte importantissima do jogo, em conjunjto toda parte técnica envolvida evoluiu, tornando a experiencia mais imersiva e menos casual, o que se potencializou na geração 32/64 bits, quando se popularizou os gráficos 3D nos games. Desde então, os gráficos, som, física evoluiram muito, e essa evolução acabou gerando um debate(que parece não acabar), os jogos mais simples são os mais divertidos? Jogos melhores técnicamente são menos divertidos?(Mario Party é mais divertido que Gears of War?)

Halo 3 não é o melhor exemplo de jogo muito foda técnicamente, mas é muito divertido e não faz feio na parte técnica

Halo 3 não é o melhor exemplo de jogo muito foda técnicamente(poderia colcoar Gears, mas hj não ^^), mas é muito divertido e não faz feio na parte técnica

Na minha visão, toda a evolução da parte técnica e o foco dos produtores em fazer jogos cada vez mais bonitos, não tem prejudicado em nada a diversão, na verdade, o grau de satisfação aumentou muito, a experiencia está cada vez melhor, não que o essencial seja a parte visual e sonora, longe disso, a parte interativa ainda é o principal, o que motiva qualquer um que gosta de games a jogar, mas o fato é que toda essa evolução agregou muito valor a diversão, tornando o que era simples e me agradava a 15 anos atrás muito mais condizente com meu atual nível de exigência.

Mario Party é o tipo de jogo que não consegue me prender por mais de 15 minutos, não que não tenha seu valor...

Mario Party é o tipo de jogo que não consegue me prender por mais de 15 minutos, não que não tenha seu valor...

Acho que muita gente, muita empresa, vende a imagem de que jogo divertido é jogo simples pela simples falta de capacidade de fazer algo melhor, e coloca no mercado algo barato, mal feito, simplório e tenta fazer os consumidores engolirem esses jogos com essa história de que os jogos são os mais divertidos. Hoje eu não consigo desvincular um bom visual, um audio decente, física satisfatória(não tem nada a ver com realismo) do conceito de diversão em games, pelo menos do conceito de diversão duradoura, jogos simples até hoje divertem mas não chegam nem perto de prender a atenção como os jogos mais complexos. Quero deixar claro que não é nenhuma critica a console nenhum, é só a visão geral que eu tenho dos jogos e das discussões que tenho visto por aí ;D

Diversão e técnica andam juntas \o/

5 respostas para Gráficos, som, física… – Técnica x Diversão?

  1. arenablogamer disse:

    “os jogos mais simples são os mais divertidos? Jogos melhores técnicamente são menos divertidos?”

    Eu não acho que uma coisa tem haver com a outra, e Mario Party pode não ser o ápice da tecnologia, mas não é um jogo técnicamente bem feito!

    • alex19860 disse:

      “mas não é um jogo técnicamente bem feito!”

      Acho que vc quis dzier que é um jogo técnicamente bem feito, certo?

      Bom, não discordo que seja técnicamente bem feito, mas é um jogo que usa pouco da capacidade do Wii, não tem o mesmo polimento e atenção de um jogo com Super Mario Galaxy por exemplo. É que eu não fui muito claro…

      Mas Mario Party é um jogo bem simples, e acho um bom exemplo dessa idéia que passam de -técnica, +diversão, as vezes parece que querem pregar que os jogos com jogabilidade complexa, física avançada, gráficos de ponta são um porre, o que na minha opinião está muito longe de ser verdade.

      • arenablogamer disse:

        Está longe de ser verdade mesmo, já que até jogos simples como os party games devem receber o mesmo tratamento com a qualidade técnica!

  2. Lucas disse:

    Talvez você esteja sendo um pouco superficial em sua análise, se esquecedo que você é privilegiado por ter vivido essa evolução, digo, sua história se esbarra na história dos games!Também joguei atari e tudo o mais e sei que os projetistas, engenheiros e idealizadores dos games de hoje também pensam em pessoas como eu e você ao iniciar um projeto, por que sabem que antes jogávamos pacman flizes, mas assim como o mercado, nos nos tornamos maduros e mais exigentes, e temos poder de compra por que temos entre 25 e 35 anos….etc..etc..to cansado vou dormir, mas basicamente o que eu qeria é q vc n esquecesse também desse ponto de vista, esse assunto é muito mais complexo do que parece..abraço

  3. gustavoF disse:

    Eu acho que hoje em dia se preocupam muito com realismo nos jogos, um exemplo disso é gta IV, que na minha opinião nem chega perto de gta SA, que era bem maior, tinha muito mais coisa pra fazer, tinha uma narrativa e uma história de jogo pencas de vezes mais envolvente, e tinha elementos únicos, como usar o Jetpack, pular de paraquedas, usar um jato para cortar os céus e correr atrás dos OVNI’s, que eram as “luzes brilhantes coloridas”, entre algumas outras coisas bem legais. Pra mim, deveriam se desapegar um pouquinho da parte gráfica e pensar um pouco mais sobre a jogabilidade, e não apenas no realismo. Se eu quisesse realidade, então eu mesmo faria da minha vida um jogo, mas fazer o quê né? A vontade da maioria é o que verdadeiramente conta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: