Review: The House of the Dead Over kill

Bem, vou postar dois reviews antigos meus, na verdade os primeiros, caso alguem queira saber sobre dois jogos do Wii, um, pouco falado,o outro que se saiu bem no Wii!

standard_House_of_the_Dead__Overkill-Nintendo_WiiArtwork2965OVERKILL_logo_small_onpaper_copy_copy

Review:  The House of the Dead over kill

Gráficos – Excelentes.  O jogo foi realmente muito bem feito. Não há muito o que se criticar aqui. A única coisa que se pode cobrar, é que eu ainda acho que não estão realmente usando toda a capacidade do Wii, porque eu sei que ele pode ainda mais que isso. Há por exemplo falhas nas explosões, que não foram tão caprichadas, e também um certo excesso de sangue que espirra na tela em alguns momentos “borrando” um pouco a arte como um todo.  A forma como os cenários, tal quais as ambientações são mostradas também merecem destaque. Você vai realmente se sentir “assistindo” um filme trash, tanto o visual dos personagens como suas vestimentas, estilos e tudo. Fizeram realmente um ótimo trabalho. As partes de apresentação das fases são extraordinárias, parecem cartazes de filmes exibidos na década de 70. Nesse quesito o jogo se supera.

Nota: 8,8

Som – Magnífico, som muito bem trabalhado. Dublagem maravilhosa, o narrador do jogo é hilário, assim como a forma de interação dos

"Vamo nessa xará, matar Zumbis nunca foi tão divertido!"

"Vamo nessa xará, matar Zumbis nunca foi tão divertido!"

personagens, você vai rir um bocado de algumas sacanagens que eles falam, palavrões não faltam também, e tudo muito, mas muito convincente. O som ambiente também está ótimo. E o que dizer das músicas? Simplesmente Geniais. A parte sonora do jogo foi muito, mas muito bem executada. Não merecendo uma nota maior por repetitividade em algumas musicas.

Nota: 9,1

Jogabilidade – Pra mim mais da metade da diversão de um jogo On Rail é medida por aqui.  Pois bem, o controle é perfeito, nesse quesito o Wiimote é simplesmente ótimo. Mas o problema aqui é que achei tudo muito simples, muito simples mesmo. A primeira coisa  perceptivel foi terem facilitado a vida dos jogadores novatos, com munições infinitas, armas muito fortes. Segundo, a falta de opções legais em meio ao jogo, algo visto em REUC. Essa facilidade acaba por comprometer um pouco na jogatina, Principalmente em modo Coperativo, fica muito fácil. A salvação é o nível maior que abre com o tempo. O nível de precisão dos movimentos é impressionante, tornando a experiência muito agradável mesmo. Não teve nenhuma inovação, nem por isso é ruim, mas como disse não usou algumas coisas legais que já até foram usadas, e muito bem por sinal, em um jogo do mesmo estilo.

Nota: 8,0

Geral – O Jogo é mais uma série On Rail a aparecer no Wii, um gênero não muito levado a sério pela maioria dos jogadores, mas esse jogo mostra  que os jogos deste estilo podem sim vingar  em consoles. O jogo é divertido, tem desafio, história legal, tudo o que um bom jogo precisa. È muito claro que o Wii pode e muito ajudar este estilo a crescer, jogar com o pointer é simplesmente prazeroso, ainda mais com um amigo por perto.  A parte multiplayer do jogo é competente, poderia se sair melhor, mas ainda assim divertida com alguns mini – games bem legais, como o Tiro – ao – alvo, e um de proteger seu aliado. Engraçado que caberiam nesse jogo mais mini – games. No modo Cooperativo você irá se divertir também. Gostei particularmente de cada um dos players terem sua própria barra de sobrevivência, algo que eu não gostei em REUC. Enfim, este jogo consegue ser, e muito, superior a todos os outros da série e também a todos os outros jogos do estilo para o Wii.

Nota: 8,2

"Vai se ****"... "Aqui não pode!!!!".. "***" ... "mals, to acostumado!"

"Vai se ****"... "Aqui não pode!!!!".. "***" ... "mals, to acostumado!"

Diversão/Replay – Sozinho ou em turma, você vai se divertir. Viciante do começo ao fim, o jogo apresenta muitas opções legais de jogo. Alguns extras legais para desbloquear, como vídeos de lançamentos da Sega e também aberturas do jogo, por sinal tem uma abertura caprichada com uma bela loira dançando. Há ainda o extra de  fases director’s Cut, que nem tem lá muita diferença, mas que acabam te fazendo jogar novamente, e mesmo assim se divertindo de novo. Enfim, chame os amigos, porque matar zumbis nunca foi tão divertido.

Nota : 8,6

NOTA FINAL:  8,5

Depois de jogar esse jogo, muita gente vai perceber que a idéia de algumas empresas optarem pelo gênero não é de todo ruim. Acho que eu prefiro jogos bem feitos assim a ter downgrades de jogos de outras plataformas, que fazem má fama no Wii. Joguem, esse compensa e é uma bela surpresa!

Uma resposta para Review: The House of the Dead Over kill

  1. Vilela disse:

    Nota 10! Parece flme do Tarantino! Chame um amigo, abra uma coca-cola e p cima da zumbizada!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: